Incêndios no Pantanal fecham rodovia, obrigam evacuação de pousadas e matam fauna: 'difícil encontrar animais vivos', diz veterinário

  • 17/11/2023
(Foto: Reprodução)
O pior novembro em quantidade de focos de fogo no Pantanal já registra mais de 3 mil incêndios em 15 dias. As chamas consumiram mais de 1 milhão de hectares do bioma. Fogo no Pantanal g1 Os incêndios que atingem o Pantanal há mais de 30 dias avançaram pelo Parque do Pantanal e Encontro das Águas e chegaram à rodovia Transpantaneira, a principal via de acesso ao bioma em Mato Grosso, que liga Poconé, a 104 km de Cuiabá, a Porto Jofre, na divisa com Mato Grosso do Sul. Até agora, o fogo consumiu mais de 1 milhão de hectares do bioma, o triplo do registrado em 2022 inteiro. É o novembro com mais focos de fogo (3.024) desde 2002. Mais de 290 agentes trabalham para apagar as chamas. (leia mais abaixo) LEIA TAMBÉM: Especialista explica por que o Pantanal tem recorde de queimadas em plena época de chuva O biólogo Gustavo Figueiroa, diretor do projeto SOS Pantanal, disse que a situação no local está fora de controle. Imagens registradas por voluntários, bombeiros e brigadistas mostram que parte da flora e da fauna está destruída. O médico veterinário Anderson Fernandes Barreto disse que, na proporção em que o fogo está, somente uma chuva forte conseguiria controlá-lo. "O Pantanal era um bioma que tinha muito animal, hoje a gente chega nesses pontos e tá até difícil de encontrar animais vivos. Infelizmente o que a gente está vivenciando aqui é um cemitério a céu aberto. A fauna e a flora vêm pagando com a vida esse preço dessa imprudência de nós seres humanos", destacou Anderson. Na primeira quinzana de novembro foram registrados mais de 3 mil focos de incêndio O especialista também pede para que as pessoas que estejam transitando pela rodovia tenham prudência e mantenham a velocidade reduzida. Segundo ele, muitos animais tentam fugir do fogo atravessando a via e, eventualmente, podem ser atropelados. Crocodilo carbonizado pelos incêndios florestais em Porto Jofre Rogerio Florentino/AFP As 10 áreas mais atingidas pelo fogo são: Terra Indígena Tereza Cristina: 50,57% Parque Estadual Encontro das Águas: 34,79% Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense: 27,31% Fazenda Estância Dorochê: Terra Indígena Kadiweu: 20,10% Fazenda Rio Negro: 16,78% Poleiro Grande: 80,26% Terra Indígena Baía dos Guató: 17,30% Serra das Araras: 3,41% Fogo toma conta da BR-262 e surpreende motoristas Em Mato Grosso do Sul, o fogo avançou pela BR-262. Um vídeo gravado de dentro de um carro mostra as chamas consumindo a vegetação às margens da estrada e a fumaça invadindo a pista, impedindo a passagem segura dos condutores. Nas imagens, é possível ver que o motorista ficou com visibilidade mínima ao passar por parte do incêndio, no qual se formou um verdadeiro "corredor de fogo". Já em Mato Grosso a preocupação das equipes é que o fogo ultrapasse a rodovia Transpantaneira, que é cercada de casas, fazendas e pousadas. Nesta quinta-feira (16), hóspedes e brigadistas alocados nessas áreas precisaram sair às pressas. Agora, além de evacuar os locais de risco, as equipes tentam resfriar as áreas para evitar que o incêndio chegue até as áreas construídas. Com 150 km de extensão, a Transpantaneira cruza a maior planície alagável do planeta e é conhecida por ser um atrativo turístico da região. Resgate na Transpantaneira Ave cabeça seca resgatada Equipe GRAD Uma equipe do Grupo de Resgate de Animais em Desastres (Grad), resgatou mais animais nessa quinta-feira (16), na região da Transpantaneira. Uma ave da espécie cabeça seca foi encontrada com parte do corpo sangrando e foi atendida pela equipe veterinária. Em outro registro, é possível ver um sapo se refrescando com água oferecida pela equipe de resgate. A água cai de uma garrafa d'agua que um dos voluntários seguram, enquanto outro está com o animal em mãos. Sapo resgatado pela equipe do GRAD Outros animais atingidos O incêndio durou mais de 20 dias Abigail Jaguar A zoóloga americana Abigail Martin, fundadora do projeto Jaguar Identification, que estuda o comportamento das onças-pintadas na região de Porto Jofre, registrou o momento em que duas antas fogem do incêndio. Nas imagens, é possível ver os animais entrando no rio, enquanto o fogo cresce ao fundo. Além das antas, um ouriço também foi encontrado com todas as patas queimadas. Uma onça-pintada batizada de Patrícia, que é conhecida por estar sempre acompanhada dos filhotes Naurú e Yanomami, foi vista caminhando sozinha entre as cinzas dos incêndios. Até o momento, não se sabe onde os filhotes estão. Onça-pintada conhecida como 'Patrícia' é vista andando sozinha em meio a incêndio no Panta Outras imagens também mostram um jacaré que morreu queimado pelas chamas. Nesta semana, veterinários registraram outras espécies mortas, como macaco, veado, ouriço, entre outros. Uma sucuri foi encontrada morta ao lado de seus ovos em meio às brasas de um incêndio no Pantanal mato-grossense. "Morreu ao lado dos ovos", sucuri e jacaré são vítimas do incêndio que já dura 20 dias no LEIA TAMBÉM Incêndios no Pantanal tomam conta da BR-262 e fazem motorista atravessar 'corredor de fogo'; veja vídeo Zoóloga chora ao ver retomada de incêndio no Parque Estadual Encontro das Águas em MT; 'é muito triste' Pantanal: fogo já devastou área quase oito vezes maior que o Rio em 2023 🔥Pantanal em chamas O fogo já consumiu mais de 1 milhão de hectares do Pantanal neste ano, o triplo do registrado em 2022, conforme dados do Laboratório de Aplicações de Satélites Ambientais (Lasa/UFRJ). Somente nos primeiros 15 dias de novembro foram 3.024 focos, o pior registro para o mês na série histórica desde 2002, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). A série tem dados desde 1998. O governo de Mato Grosso publicou, nesta terça-feira (14), um decreto de emergência ambiental que reforça as ações de combate aos incêndios no Pantanal. No domingo (12), o governo federal enviou mais 90 brigadistas para combater os incêndios - o total de agentes agora é 299. O decreto prorroga o período proibitivo para queimadas no estado até 30 de novembro, e atende à exigência do governo federal no pedido de apoio para combate aos incêndios. Fogo mata animais e destroi flora Créditos: Gustavo Figueiroa/SOS Pantanal Multicontentnavigate_nextEditar MulticontentPré-visualizarPublicarAgendarSalvarmore_vertConfiguraçõesInformações básicasexpand_moreTipo de conteúdo *NotíciaCampo obrigatório Editoria primária *Mato Grossoem G1 / MTCampo obrigatório Editoria secundáriaAssinaturaexpand_moreAutor(a)Selecione somente 1 item.Redação / Fonte InternaAgência/Fonte ExternaSelecione somente 1 item.Local de PublicaçãoAnotação Semânticaexpand_moreSugestõesAtivar geração de linkUser Needs1Insira uma entidadeUSERNEED - InformarBase2Insira uma entidadePoconéCuiabáPolíticaInsira uma entidadeLoteriaInsira uma entidadeEducaçãoInsira uma entidadeCarnavalInsira uma entidadeMúsicaInsira uma entidadeData de Exibiçãoexpand_more Comentáriosexpand_more Exibir comentáriosExpirar recomendação emexpand_more Especial Publicitárioexpand_more Marcar como Especial PublicitárioCampanhaSelecione somente 1 item.Micronavegaçãoexpand_moreVocê não tem permissão para acessar este plugin.Oniasexpand_morePublique a matéria para que seja possível sugerir esse conteúdo para a home da globo.com.É necessário que a matéria seja publicada ou agendada para que possa ser sugerida.* Campos obrigatórios Selecionar imagem destacadaIncêndios no Pantanal fecham rodovia, obrigam evacuação de pousadas e destroem fauna: 'difícil de encontrar animais vivos'122Slug *Até o momento, foram registrados mais de 3 mil focos de incêndio e o fogo já consumiu um milhão de hectares da região. 120Resumo+ Adicionar Item ResumoArtboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MAIOR DESTAQUEArtboard 1LARGURA TOTALOs incêndios que tem atingido o Pantanal há mais de 30 dias avançaram pelo Parque do Pantanal e Encontro das Águas e chegaram à rodovia Transpantaneira, a principal via de acesso ao bioma em Mato Grosso, que liga o município de Poconé, a 104 km de Cuiabá, a Porto Jofre. Até o momento, o fogo já consumiu um milhão de hectares da região, o triplo do registrado em 2022 inteiro.A Transpantaneira possui 150 km de extensão e é conhecida por ser um atrativo turístico da região. Ela cruza a maior planície alagável do planeta.Em vídeo, o biólogo Gustavo Figueiroa, diretor do projeto SOS Pantanal, disse que a situação no local está fora de controle. Imagens registradas por voluntários, bombeiros e brigadistas mostram que parte da fauna da região está sendo devastada pelos incêndios.O médico veterinário Anderson Fernandes Barreto disse que, na proporção em que o fogo está, somente uma chuva conseguiria controlá-lo. "O Pantanal era um bioma que tinha muito animal, hoje a gente chega nesses pontos e tá até difícil de encontrar animais vivos. Infelizmente o que a gente está vivenciando aqui é um cemitério a céu aberto. A fauna e a flora vem pagando com a vida esse preço dessa imprudência de nós seres humanos", destacou Anderson. O profissional também pede para que as pessoas que estejam transitando pela rodovia tenham prudência e mantenham a velocidade reduzida. Segundo ele, muitos animais vão tentar fugir do fogo atravessando a via e, eventualmente, podem ser atropelados. Uma onça-pintada batizada de Patrícia, que é conhecida por estar sempre acompanhada dos filhotes Naurú e Yanomami, foi vista caminhando sozinha entre as cinzas dos incêndios. Até o momento, não se sabe onde os filhotes estão.Artboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MAIOR DESTAQUEHabilitar ViewportPlayUma outra preocupação das equipes de resgate se dá pelo fato de que a rodovia da Transpantaneira é cercada de casas, fazendas e pousadas, causando medo na população em terem as propriedades destruídas pelo fogo. Outros animais atingidos Artboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MAIOR DESTAQUEArtboard 1LARGURA TOTALA zoóloga americana Abigail Martin, fundadora do projeto Jaguar Identification, que estuda o comportamento das onças-pintadas na região de Porto Jofre, registrou o momento em que duas antas fogem do incêndio.Nas imagens é possível ver os animais entrando dentro do rio, enquanto o fogo cresce ao fundo. Além das antas, um ouriço também foi encontrado com todas as patas queimadas.Uma sucuri foi encontrada morta junto com seus ovos em meio as brasas de um incêndio no Pantanal mato-grossense. No vídeo, é possível ver a sucuri queimada pelas chamas e ao seu lado, cerca de 5 ovos.Outras imagens também mostram um jacaré que morreu queimado pelas chamas.Artboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MAIOR DESTAQUEHabilitar ViewportPlayLEIA TAMBÉMIncêndios no Pantanal tomam conta da BR-262 e fazem motorista atravessar 'corredor de fogo'; veja vídeoZoóloga chora ao ver retomada de incêndio no Parque Estadual Encontro das Águas em MT; 'é muito triste'Situação de emergênciaArtboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MENOR DESTAQUEArtboard 1MAIOR DESTAQUEArtboard 1LARGURA TOTALO Governo de Mato Grosso publicou, nesta terça-feira (14), um decreto de emergência ambiental que reforça as ações de combate aos incêndios no Pantanal. O decreto prorroga o período proibitivo para queimadas no estado até 30 de novembro, e atende à exigência do Governo Federal no pedido de apoio para combate aos incêndios.As áreas mais atingidas pelo fogo são:Terra Indígena Tereza Cristina: 50.57%Parque Estadual Encontro das Águas: 34.79%Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense: 27.31%O decreto também leva em consideração as condições climáticas no estado nos próximos dias, como altas temperaturas e baixa umidade.O bioma O Pantanal abriga uma diversidade única, incluindo várias espécies ameaçadas, ao todo são:🌱3,5 mil espécies de plantas🐟325 de peixes🐸53 espécies de anfíbios🐊98 de répteis🦜656 de aves🐆159 tipos de mamíferosOnça-pintada, jacaré, tuiuiú, ipês, jacarandás e entre outros integrantes representam o Pantanal. Além disso, ele atua como regulador natural de enchentes, porque absorve e armazena água durante períodos chuvosos.O Pantanal também funciona como um reservatório de água doce com altitudes que alcançam 150 metros. Seus recursos hidrológicos são importantes para o abastecimento das cidades, onde vivem aproximadamente três milhões de pessoas (Brasil, Bolívia e Paraguai).📲 Entre na comunidade do g1 Mato GrossoHistórico de Versõesclear 🐆O bioma O Pantanal abriga uma diversidade única, incluindo várias espécies ameaçadas, ao todo são: 🌱3,5 mil espécies de plantas 🐟325 espécies de peixes 🐸53 espécies de anfíbios 🐊98 espécies de répteis 🦜656 espécies de aves 🐆159 tipos de mamíferos Onça-pintada, jacaré, tuiuiú, ipês, jacarandás e entre outros integrantes representam o Pantanal. Além disso, ele atua como regulador natural de enchentes, porque absorve e armazena água durante períodos chuvosos. O Pantanal também funciona como um reservatório de água doce com altitudes que alcançam 150 metros. Seus recursos hidrológicos são importantes para o abastecimento das cidades, onde vivem aproximadamente 3 milhões de pessoas, no Brasil, Bolívia e Paraguai. 📲 Entre na comunidade do g1 Mato Grosso

FONTE: https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2023/11/17/incendios-no-pantanal-fecham-rodovia-obrigam-evacuacao-de-pousadas-e-matam-fauna-dificil-encontrar-animais-vivos-diz-veterinario.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 10

top1
1. MODÃO RAIZ • SÓ MODÃO RAIZ SERTANEJA • pra curtir no domingo...

top2
2. SÓ MODÃO SERTANEJO RAIZ - MODÃO DAS ANTIGAS - AS MELHORES | SERTANEJO RAIZ | MODA DE VIOLA

top3
3. MODÃO DE BUTECO • MODA CAIPIRA • SÓ MODÃO RAIZ SERTANEJA

top4
4. MODA DE VIOLA SÓ AS MELHORES E AS ANTIGONAS SERTANEJO MODAO

top5
5. Só Modão Top 🎸 Musica Só Modão Sertanejo 🎸 Modão Do Brasil Só As Top

top6
6. Só Modão antigo (as mais tocadas) as melhores sofrencias.

top7
7. MODÃO BAILAO SERTANEJO RAIZ SÓ AS MELHORES

top8
8. MODÃO RAIZ SERTANEJA - SÓ AS MELHORES DO SERTANEJO ANTIGO

top9
9. RAIZ SERTANEJA MODÃO ANOS 80, 90 E 2000 - SÓ AS MELHORES DO SERTANEJO ANTIGO

top10
10. MODAO DAS ANTIGAS SO AS MELHORES AS TOPS DO SERTANEJO RAIZ


Anunciantes